Pages

29 dezembro, 2008

... cerca ...

acerca de ausência
encontro-me frágil perante a situação
desconheço quem sou, encontro o “nada” ...
e por alguns momentos escuto ecoar o bater de meu coração.
Desconcertante, sem dúvidas ... fora do compasso.
Cerca de solidão, posta prova minha coragem,
muro erguido pela distância ... que cega os olhos do viajor.
O que de positivo poderia da solidão retirar?
Dentro desse deserto de incertezas,
acabei me levando a acreditar
- que tudo no fundo traz um “tiquinho” de beleza.
E a solidão ... por sua vez também nos oferta momentos
ímpares ... basta-nos observa-la.



Jones Moreira
Postar um comentário